13 de abr de 2009

Melhor ficarem atentos...

Dentro do Shopping Center (em todos os Estados brasileiros), há pessoas próximas às entradas dos cinemas fazendo uma suposta pesquisa com os jovens (sobre algo “interessante”, como cinema, TV, um novo filme a ser lançado…, para atraí-los).
Pegam então o nome, o número dos telefones (fixo, residencial, e celular), endereço, e algumas características do/a entrevistado/a, como: a roupa que estava trajando, a cor dos cabelos etc.etc.etc.
Depois que as pessoas entravam no cinema, eles (os entrevistadoras) esperam alguns minutos, e ligam para a pessoa que havia sido “entrevistada” - para ver se o telefone estava desligado (como é comum acontecer em cinemas), e, se estivesse, ligavam para a casa daquela pessoa.
Com as anotações em mãos, o bandido diria o nome completo do seu filho (o que já assusta), as suas características (cabelos, estatura, roupas - já deixando a família em pânico), e ainda sugeriria:“Ligue para seu filho, se acha que estou mentindo…O número do celular dele não é 9XXX-XXXX?Só que está desligado…”.
Pronto! O que você pensaria, ou pensará?“Se ele sabe até o número do celular do meu filho, só pode ser verdade!”.E como um filme dura, em média, duas horas, demoraria muito para você poder ligar e ser atendido/a.Então, instrua seus filhos para não responderem quaisquer entrevistas ou pesquisas nas ruas, e não fornecerem informações curriculares.
Se eles (seus filhos) já trabalham fora, que dêem, apenas (e se for o caso), o número do telefone da Empresa onde trabalham (sem inclinar nome e endereço). E só o número do telefone!

Vi no Uebas e resolvi alerta-los tambem.

0 opniões: